BRUXISMO ou Ranger de dentes

Bruxismo, um nome estranho que você já andou ouvindo por aí e te falaram que tinha a ver com os dentes.  Mas por que afinal que se chama bruxismo, o que é bruxismo e o que causa esse negócio que tem nome tão esquisito que parece remeter a bruxaria?

Origem do bruxismo

Para começo de conversa, a palavra deriva do grego Brychein, que significa ranger os dentes. Seria então mais interessante falar briqueísmo (que é um sinônimo de bruxismo) do que a tal palavrinha.

Mas não tem jeito, ela já foi incorporada em nosso vocabulário, mas é claro que as lendas ainda persistem, por exemplo de que esse nome surgiu decorrente de feitiços que eram lançados nas pessoas para que ficassem rangendo os dentes. Coisa medieval né?

Você já percebeu então que se trata de ranger os dentes, mas não só isso, apertar também. O bruxismo é um hábito parafuncional, deixe-me explicar: é um hábito que deixou de ser funcional, ou seja, é danoso para a pessoa que o pratica.

Ele ocorre durante o sono e a intensidade varia de paciente para paciente. Algumas vezes é tão intenso que pode gerar ruídos audíveis para as pessoas próximas.

Causas do bruxismo

Esse hábito pode ter várias causas, mas eu costumo dizer que a principal é de origem psicossomática.

Digamos que o seu corpo acha uma forma de drenar o stress psicológico, ansiedade, raiva, enfim sentimentos e estados emocionais não saudáveis que você passa ao longo do dia em forma de bruxismo a noite.

O resultado desse ranger ou apertamento dos dentes é devastador e pode ser a curto prazo ou a longo prazo.

Consequências do bruxismo

Músculos, articulação, ligamentos, são ativados pelo bruxismo, porém, como falei antes, é uma ativação não funcional. Enquanto todas essas estruturas tinham que estar relaxadas ou ativadas o mínimo possível durante o sono, no bruxismo vai estar tudo funcionando e cansando, estressando, sobrecarregando principalmente músculos, articulação e dentes.

Algumas pessoas evoluem, logo após a noite de ranger e apertar os dentes, dores em toda a musculatura mastigatória, ou seja, dói na região das têmporas, dói o pescoço, dói a mandíbula, enfim de uma forma geral evolui com dores de cabeça,

Por isso geralmente o especialista em cirurgia bucomaxilofacial é indicado por médicos neurologistas e otorrinolaringologistas. Quando os exames específicos destas especialidades não revelaram causas aparentes para as dores de cabeça.

O bruxismo causa microtraumas internos na articulação temporomandibular. Esses microtraumas a longo prazo causam desarranjos internos, alterações na morfologia (anatomia) das estruturas internas da ATM, levando muitas vezes a um quadro de dor muito desagradável e intenso.

Disco articular deslocado

A ATM tem uma estrutura interna chamada disco articular que é muito parecido com o menisco do joelho, mas em tamanho bem reduzido.

É este disco articular que pode sofrer alterações de posição e forma a longo prazo, configurando um problema chamado de Disfunção temporomandibular, a famosa DTM. (Leia mais em clicks e dores na ATM)

Mas como saber se isso ocorreu com você? Alguns exames físicos e de imagem serão necessários, além de passar em consulta com o especialista em cirurgia bucomaxilofacial.

Tratamento do bruxismo

Não se assuste em pensar que qualquer problema em ATM será tratado de forma cirúrgica.

Para isso existem critérios, indicações e o bom senso do profissional. Geralmente antes de pensar em uma opção cirúrgica para o problema  da ATM, todas as opções clínicas e tratamentos menos invasivos serão esgotados.

Ortodontia

Se a mordida está muito desajustada ou muito errada o tratamento ortodôntico talvez possa ser indicado, mas se já usou aparelho ortodôntico uma placa de bruxismo poderá ser a melhor opção.

Placa de mordida

Quanto ao tipo de placa de bruxismo ainda é feito algumas confusões, mas esclarecendo: de uma forma geral para pacientes que sentem dor o ideal é que ela seja rígida, dura, de resina acrílica.

As de silicone e acetato serviriam mais para proteção do desgaste dos dentes, quando esse ranger de dentes não está associado a dor.

Facetas de porcelana

E quanto ao desgaste dental: o dente é “lixado” digamos assim, por outro dente, o resultado é devastador, pois além de perder a estética e a forma dos dentes, o paciente evolui com diminuição da dimensão vertical.

Traduzindo: o terço inferior da sua face, que vai de baixo do nariz até o queixo, diminui em altura, o que altera a mordida e sobrecarrega a articulação também.

Facetas de Porcelana podem ser utilizadas para levantar a mordida.

Medicamentos e Terapia

Eu costumo dizer que bruxismo está associado ao mal do século, mas não estou falando de depressão, estou falando de ansiedade que também é um transtorno psíquico e deve ser visto com muita atenção e cuidado, algumas vezes medicação se faz necessário, além de terapias.

E mais além, eu diria que o bruxismo nunca deve ser tratado somente por uma especialidade, é um problema multifatorial e quanto mais os pacientes conseguirem visualizar a abrangência deste problema, melhores serão os resultados dos tratamentos, quaisquer que forem.

 

Se você sofre deste problema não hesite em procurar ajuda profissional, como autora deste post, cirurgiã bucomaxilofacial e paciente diagnosticada com bruxismo e DTM, sei o quanto sentir dores, acordar com dores é limitante para uma melhor qualidade de vida, procure tratamento, procure ajuda e evite problemas maiores no futuro.

Espero que tenha esclarecido algumas questões que sempre ficaram nebulosas e incentivado de alguma forma a melhorar o seu dia a dia.

Grande abraço

Dra. Maximiana

Comentários
Dra. Maximiana Maliska

Posted by Dra. Maximiana Maliska

4 comments

[…] Bruxismo: o desgaste provocado pelo bruxismo pode enfraquecer e danificar algum dente; […]

[…] Para as dores e os espasmos musculares, é possível a ingestão de medicamentos, como analgésicos, relaxantes musculares e anti-inflamatórios, além da aplicação de calor úmido. Contra os travamentos da mandíbula e o rangido dos dentes, é possível a confecção de uma placa sob medida chamada placa de mordida ou placa de Michigan.   […]

[…] também conhecido pelo ranger dos dentes, o BRUXISMO é uma das principais causas das dores na mandíbula. Algumas pessoas rangem os dentes quando […]

[…] que estão diretamente relacionados com hábitos parafuncionais, como o bruxismo (leia mais em BRUXISMO – sintomas e como tratar) e com uma mordida […]